Notícias

Abertura da Semana de Meio Ambiente da Sudema abordará convenções de clima e biodiversidade

publicado: 25/05/2022 16h17, última modificação: 25/05/2022 16h17
Abertura da Semana de Meio Ambiente da Sudema abordará convenções de clima e biodiversidade.png

Acontecerá, no próximo dia 03 de junho, no Sesc Cabo Branco, em João Pessoa, a abertura da Semana do Meio Ambiente 2022 da Sudema. O ponto alto da solenidade, que terá início às 8h, será a palestra do geógrafo e ambientalista Mário César Mantovani, com o tema “Como fazer as decisões das convenções de clima e biodiversidade chegar no nosso dia a dia”.

As convenções ambientais são encontros que reúnem líderes de vários países com a proposta de discutir e planejar ações para preservar o meio ambiente. A primeira Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e Desenvolvimento aconteceu em 1972, em Estocolmo, na Suécia. Nela, foram dados os primeiros passos para se construir o conceito de desenvolvimento sustentável, que consiste em suprir as necessidades da geração atual, sem comprometer a capacidade de atender as futuras gerações.

Alguns anos mais tarde, veio a Eco-92, realizada no Brasil, outro importante momento que tratou diversos assuntos relacionados ao meio ambiente, a exemplo das mudanças climáticas. 

            Em sua palestra, o geógrafo abordará os principais pontos históricos da relação do Brasil com as convenções ambientais, além de fazer um paralelo da situação atual brasileira em comparação a outros países. Ele ainda discutirá como as decisões tomadas nas convenções ambientais têm impacto no dia a dia, na economia e nos modelos de negócio do país.

            Para se inscrever, acesse: https://docs.google.com/forms/d/1n8LOqcI8dZxNlbEh1SNCAyu7U6HVpIxm7e_T4JVNEM4/viewform?edit_requested=true . A programação completa da Semana de Meio Ambiente será divulgada nos próximos dias nos canais de comunicação da Sudema. Acompanhe nossas redes sociais para ficar por dentro das novidades.

 

Conheça o palestrante

 

Mário César Mantovani é um amante da natureza, trabalhando em prol do meio ambiente há mais de 40 anos. Especialista em recursos hídricos, foi fundador e é hoje diretor de Relações Institucionais na ANAMMA, além de ser presidente da Fundação Florestal São Paulo. Trabalhou na Fundação SOS Mata Atlântica por mais de 30 anos, onde coordenou a maior campanha de mobilização em prol da despoluição do Rio Tietê.